Banner


 

O site oficial da adaptação em anime de 100-Man no Inochi no Ue ni Ore wa Tatteiru (I’m Standing on a Million Lives) liberou um novo trailer para a segunda temporada. O anime tem previsão de estreia para a temporada de julho.







Staff

  • Diretor: Kumiko Habara (PriPri Chii-chan!!, Diretor de episódio em Battle Spirits Burning Soul)
  • Roteiro: Takao Yoshioka (High School DxD, Shigatus wa kimi no uso, Konohana Kitan)
  • Design: Eri Kojima/Toshihide Masudate (Isekai wa Smartphone)
  • Estúdio: Maho Film (Uchi no Ko no Tame naraba, Ore wa Moshikashitara Maou mo Taoseru kamo Shirenai)


A história acompanha Yusuke Yotsuya, um colegial revoltado com a vida e que odeia pessoas. Em um certo dia ele é transportado para um outro mundo, onde encontra duas colegas de classe e descobre estar participando de um jogo onde morrer naquele mundo também significa morrer na vida real.

Sem saber o que está acontecendo direito, o grupo começa a receber orientações de uma entidade desconhecida, que os alerta sobre a necessidade de sobreviver naquele mundo e superar todos os níveis do jogo onde foram colocados. Diferente dos Isekais, eles não se mudam permanentemente para o mundo de fantasia, só sendo invocados para cumprir uma missão por vez, e passando o resto do tempo no mundo normal deles.


Fonte: ANN

100-man no inochi 2 temporada ganha trailer!


 

O site oficial da adaptação em anime de 100-Man no Inochi no Ue ni Ore wa Tatteiru (I’m Standing on a Million Lives) liberou um novo trailer para a segunda temporada. O anime tem previsão de estreia para a temporada de julho.







Staff

  • Diretor: Kumiko Habara (PriPri Chii-chan!!, Diretor de episódio em Battle Spirits Burning Soul)
  • Roteiro: Takao Yoshioka (High School DxD, Shigatus wa kimi no uso, Konohana Kitan)
  • Design: Eri Kojima/Toshihide Masudate (Isekai wa Smartphone)
  • Estúdio: Maho Film (Uchi no Ko no Tame naraba, Ore wa Moshikashitara Maou mo Taoseru kamo Shirenai)


A história acompanha Yusuke Yotsuya, um colegial revoltado com a vida e que odeia pessoas. Em um certo dia ele é transportado para um outro mundo, onde encontra duas colegas de classe e descobre estar participando de um jogo onde morrer naquele mundo também significa morrer na vida real.

Sem saber o que está acontecendo direito, o grupo começa a receber orientações de uma entidade desconhecida, que os alerta sobre a necessidade de sobreviver naquele mundo e superar todos os níveis do jogo onde foram colocados. Diferente dos Isekais, eles não se mudam permanentemente para o mundo de fantasia, só sendo invocados para cumprir uma missão por vez, e passando o resto do tempo no mundo normal deles.


Fonte: ANN

Nenhum comentário:

Postar um comentário