Banner



3 novos animes dessa temporada foram adiados por conta das medidas de prevenção que o Japão iniciou para conter a propagação do Coronavírus.

Abaixo as obras adiadas:

Fugou Keiji Balance: Unlimited



A staff informou que os três primeiros episódios serão exibidos normalmente, mas a partir do quarto anime entrar em pausa, ainda sem uma previsão de volta.


IDOLiSH7: Second BEAT!



Por mais que tenha tido seu primeiro episódio adiantado pela Crunchyroll lá em janeiro, o anime também anunciou que estará sendo pausado a partir do dia 19 de abril, quando o 4º episódio será lançado. A obra também não tem previsão para voltar.


Houkago Teibou Nisshi




Similar aos dois casos acima, o anime exibirá o seu 4º episódio e depois entrará em pausa após isso, também sem uma previsão de volta. O motivo dos adiamentos se deve ao aumento do números de casos de infecções pelo Coronavírus no Japão, que acabou ocasionando nos governos declararem estado de emergência e o consequente interrompimento, parcial ou total, de vários setor de funcionamento da indústria.

3 ANIMES DA TEMPORADA SÃO ADIADOS POR CONTA DO CORONAVÍRUS!



3 novos animes dessa temporada foram adiados por conta das medidas de prevenção que o Japão iniciou para conter a propagação do Coronavírus.

Abaixo as obras adiadas:

Fugou Keiji Balance: Unlimited



A staff informou que os três primeiros episódios serão exibidos normalmente, mas a partir do quarto anime entrar em pausa, ainda sem uma previsão de volta.


IDOLiSH7: Second BEAT!



Por mais que tenha tido seu primeiro episódio adiantado pela Crunchyroll lá em janeiro, o anime também anunciou que estará sendo pausado a partir do dia 19 de abril, quando o 4º episódio será lançado. A obra também não tem previsão para voltar.


Houkago Teibou Nisshi




Similar aos dois casos acima, o anime exibirá o seu 4º episódio e depois entrará em pausa após isso, também sem uma previsão de volta. O motivo dos adiamentos se deve ao aumento do números de casos de infecções pelo Coronavírus no Japão, que acabou ocasionando nos governos declararem estado de emergência e o consequente interrompimento, parcial ou total, de vários setor de funcionamento da indústria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário